Pesquisas, debate e redação

Conheça a Astronomia árabe e européia na Idade Media e a Matemática.  Leia mais: http://www.ccvalg.pt/astronomia/historia/idade_media.htm
Conheça a Astronomia árabe e européia na Idade Media e a Matemática. Leia mais: http://www.ccvalg.pt/astronomia/historia/idade_media.htm

Quando os algarismos romanos foram substituídos pelos arábicos no mundo ocidental?

 

_ Os algarismos romanos foram utilizados até que época?

 

> O período de formação e influência da cultura romana na Europa

Esta é uma pergunta interessante, pois é a mudança de um hábito de escrita. Roma tem sua fundação estabelecida em 753 a.C., no século VIII a.C, portanto, e passando pelo período de império e república, finda a 476 d.C, século V d.C. Temos portanto um período de treze séculos de permanência dos valores da cultura romana na Europa.

 

A expansão do Império Romano em torno do Mediterrâneo deixou marcas não só arquitetônicas, como culturais, com monumentos greco-latinos por toda a Europa e partes da Ásia e África mediterrânea. Os romanos criaram escolas, instituições, leis - o Direito atual tem sua base no Direito Romano - e, principalmente em sua escrita.

 

 

> A característica comercial e cosmopolita da cultura romana

Ora, se pensarmos que freqüentar uma escola, aprender a ler e escrever, usar a leitura para decodificar os sinais em nossa volta, entender avisos, placas, ler documentos oficiais é um hábito que se forma, a permanência dos algarismos romanos como um hábito e o uso do ábaco como a máquina de calcular tinha fortes implicações, uma vez que o Império Romano era mais comercial que agrário.

 

> Latim e algarismos romanos como língua erudita x língua geral

Hoje sabemos que, mesmo após a queda de Roma no século V d.C., o latim e os algarismos romanos passaram a se constituir na língua erudita, face à língua geral, falada pelas populações agrárias ou que habitavam o que restou das cidades. Conforme a região, o falar da população bárbara do local, foi o que preponderou: após a queda de Roma, em 476, chega ao fim o Império Romano do Ocidente, e se inicia a invasão de diversos povos bárbaros das fronteiras do Império: visigodos, vândalos, burgúndios, suevos, saxões, ostrogodos, jutos, hunos etc.

 

> As línguas nacionais e a permanência do latim

A permanência do latim e dos algarismos romanos como língua erudita se dá face à ação da Igreja Católica principalmente na Idade Média em seus mosteiros, onde se encontravam as bibliotecas fazendo com que, durante toda a Idade Média e parte da Idade Moderna, o latim fosse a língua universal, de cultura e científica do mundo, entre o século V d.C. e o século XVII d.C. Tratados científicos eram escritos em Latim, como, por exemplo, a publicação de Principia Mathematica em 1687. Até os dias atuais, usamos o latim para a classificação dos seres vivos, conforme os princípios de Lineu - Carl von Linné (século XVIII).

 

 

Fibonacci, a matemática e a natureza.  Observe como as flores tem um padrão matemático. BDWebB
Fibonacci, a matemática e a natureza. Observe como as flores tem um padrão matemático. BDWebB

Como passaram a ser usados os números arábicos na Idade Média.

Leonardo Fibonacci  - 1175-1250.

 

Leia mais sobre Fibonacci e a Máquina do Dinheiro.

http://maquinadodinheiro.com/2008/09/05/os-numeros-fibonacci-videopost/

Você quis saber sempre de aonde nós começamos nosso sistema numérico decimal, não?

Durante toda a Anquiguidade, specialmente no Imério Romano, os algarismos romanos foram o padrão matemático na Europa, até o 130 d.C ANÚNCIO do século quando Fibonacci publicou seus ábacos de Liber que meios “o livro dos cálculos” 

A Idade Média e a matemática.

Depois da queda do império Romano, em 476 d.C, somente os monges nos mosteiros usavam os algarismos romanos.  Aos poucos outros sistemas numéricos foram sendo usados e, neste ponto , já no século XII para XIII, surge a figura de Fibonacci, em 1175AD.

Fibonacci era filho de um comerciante de Pisa e se tornou também um oficial de costumes em África norte para a guilda de comerciantes da cidade de Pisa, Itália. Viajou extensamente pela Argélia e foi nomeado mais tarde como emissário de negócio para o Egipto, a Siria, a Grécia, a Sicília e a Provença (sul da França).

Em 1200 retornou a Pisa e usou o conhecimento que tinha ganhado em seus cursos para escrever os ábacos de Liber em que introduziu no mundo Latino o sistema de números arábicos decimais. O primeiro capítulo em sua parte 1 começa do seguinte modo:

Estas são as nove figuras dos Indianoss: 9 8 7 6 5 4 3 2 1. Com estas nove figuras, e com este sinal 0 que no árabe é chamado zephirum (zéfiro, vento, nada), todo o número pode ser escrito, como será demonstrado....

E, assim, a partir deste trabalho, a Europa começou a usar os números arábicos de origem decimal.

Pesquise sobre os números de Fibonacci:

http://hthi.hightechhigh.org/~nholt/10th-Grade/Math-Chemistry/fibonacci.htm

Onde usamos os algarismos romanos hoje?

 

Pesquise em Sites Selecionados U2 6S Matemática e responda, enviando ao seu professor.

http://plus.maths.org/index.html